Escola Sobrenatural RPG
Olá Convidado!! Seja bem vindo a Escola Sobrenatural RPG! Está pronto para se tornar um Sobrenatural? Ter Super poderes? Animais de estimação lendários? Combater ou se juntar ao mal? Então veio ao local certo! Registre-se ou faça seu Login e venha compartilhar essa aventura conosco! Nossa Equipe Staff: Teresa Guardflyer, ♦️ Giovanni Flars™️ ∞, Gabriel David, PacMaan, Mauricio Lightfade.


Poderes, animais mitológicos, Lutas... Isso é a Escola Sobrenatural
 
InícioPortalCalendárioFAQBuscarMembrosGruposRegistrar-seConectar-se
Notrevis precisa de membros para seu exército; Caso queira participar, contate-o, ou a algum diretor.
Divulguem o fórum ao máximo de pessoas possível para que possamos crescer e tornar um fórum melhor para todos nós!
Vote em nós no Top 30 para que o fórum fique mais popular! Clique na imagem do Widget na lateral da página e votem!
Vote em nós no TOP 30!
Top30 Brasil - Vote neste site!
Top30, os melhores da Internet.
Conectar-se
Nome de usuário:
Senha:
Conexão automática: 
:: Esqueci minha senha
Últimos assuntos
» Treinamentos de Mauricio Lightfade
Seg Out 13, 2014 1:21 pm por Mauricio Lightfade

» Sugestão
Dom Mar 03, 2013 8:39 am por Mauricio Lightfade

» Crie sua ficha de inscrição
Seg Out 15, 2012 8:18 pm por vinichec

» Apresentações
Seg Out 15, 2012 8:03 pm por vinichec

» Despedidas
Dom Out 14, 2012 1:21 am por Giovanni Dragneel

» Teste de Nikky
Qua Out 10, 2012 8:28 pm por Nikky

» Missões da East-Wolf
Qua Out 10, 2012 8:25 pm por Nikky

» Reviver o forum ou não
Dom Set 30, 2012 7:03 pm por Mauricio Lightfade

» Area Flood
Sex Set 28, 2012 7:49 pm por reaper

Top dos mais postadores
Giovanni Dragneel
 
Teresa Guardflyer
 
Gabriel David
 
reaper
 
Mauricio Lightfade
 
Nightmare
 
Daniel [Riiu]
 
Thristen Behemoth
 
André Santos
 
Lupus Wild
 

Compartilhe | 
 

 Missões da West-Wolf

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
Teresa Guardflyer
Faggot
avatar

Mensagens : 270
Data de inscrição : 30/01/2012
Idade : 16
Localização : Na sala comunal West-Wolf

Cartão Do Estudante
Seu nível:
529/1000  (529/1000)
Poderes:
Poderes do animal:

MensagemAssunto: Missões da West-Wolf   Qua Fev 01, 2012 2:51 pm

Aqui os alunos da casa West-Wolf postam suas missões para ganhar níveis, pontos para a casa e dinheiro.
A primeira missão é:

Parece que um Diablo invadiu a escola, Descubra quem é o diablo e acabe com ele!


Informacões:
Diablos são especialistas em se camuflar pois podem se transformar em qualquer coisa. Mas na forma normal é um Humano com chifres, asas de dragão e pele vermelha


Prêmios:
2 níveis
Uma pontuação para sua casa de 0 a 10 pontos.
100 grana


aviso: Se você copiar o Texto de outra pessoa, não receberá prêmios nem pontos.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Mauricio Lightfade
Faggot
avatar

Mensagens : 80
Data de inscrição : 30/01/2012
Idade : 18
Localização : Meh...

Cartão Do Estudante
Seu nível:
500/1000  (500/1000)
Poderes:
Poderes do animal:

MensagemAssunto: Re: Missões da West-Wolf   Qua Fev 01, 2012 4:44 pm

Legenda
Eu
História
Tetis
Diablo/Barbara
Batalha
Estava sem nada pra fazer so perambulava pela West-Wolf quando percebo que em minha direção Tetis vinha correndo.
Mauricio!Mauricio!
Me adiantei e me defendi
A granada na privada do banheiro não foi culpa minha!
Não é isso!Tem um Diablo no colegio nos ajude a acha-lo!
Tá tõ indo!
Ele está disfarçado de alguem do colegio!
Fechou!
Sai de onde eu estava e parti em direção dos corredores mas não havia ninguem suspeito todos normais como sempre.Fui para os estabulos mas nada.Khronos meu lobo teletransportou-se para meu lado e me ajudou a procurar farejando.Depois de um tempo sentiu um cheiro estranho.Fedido.Tipico de um Diablo.Khronos partiu e eu fui junto dele.Corremos sem parar até chegarmos ao Campo do Colégio onde so tinha uma pessoa.Barbara mas ela estava estranha.Logo percebi que era o Diablo disfarçado
Ei Feioso.É você mesmo.Eu não te dei permissão para transformar-se nela!
Como assim Mauricio?Sou eu
Fake e G**
Chega de conversa!Vou te matar !
Ele mudou para a forma grotesca de um humano com chifres, asas de dragão e pele vermelha.Seria assustador se não fosse a hora de lutar

Sem pensar chamei Ragnarok e fui para cima mas ele era muito rapido mas não impediu que Khronos desse uma mordida na perna dele.Depois desferi um corte no peito dele.Ele gemeu em dor e pulou em cima de mim e me derrubou e estava a ponto de matar-me mas Khronos encostou em mim e ambos teleportarmo-nos para outro lado mas o Diablo nos detectou e veio correndo para cima de mim mas controlei os ventos e ataquei ele usando o vento como se fosse varias laminas que cortaram ele mas não reduziram a velocidade dele.Concentrei energia eletrica em uma espada materializada e corri para cima dele montado em Khronos em super velocidade e pulei de Khronos avançando sobre o Diablo e gritei o nome de minha nova tecnica
Supernova Elétrica!
Atravessei o peito dele e cai de costas para ele que virou-se e quando a espada desmaterializou-se ouve um tipo de explosão elétrica no corpo dele e isso o matou.
Mauricio você conseguiu!
É mas ainda falta avisar o diretor
Nem se preocupe com isso eu aviso
Beleza
Andei até o dormitorio e deitei em minha cama cansado.Olhei para Ragnarok que com seu olho parecia olhar dentro da minha mente lá dentro onde os sonhos estão,então adormeci.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Teresa Guardflyer
Faggot
avatar

Mensagens : 270
Data de inscrição : 30/01/2012
Idade : 16
Localização : Na sala comunal West-Wolf

Cartão Do Estudante
Seu nível:
529/1000  (529/1000)
Poderes:
Poderes do animal:

MensagemAssunto: Re: Missões da West-Wolf   Qua Fev 01, 2012 4:47 pm

é, o texto tá legal, mas poderia tar um pouco maior 8 pontos para sua casa premios obtidos
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Teresa Guardflyer
Faggot
avatar

Mensagens : 270
Data de inscrição : 30/01/2012
Idade : 16
Localização : Na sala comunal West-Wolf

Cartão Do Estudante
Seu nível:
529/1000  (529/1000)
Poderes:
Poderes do animal:

MensagemAssunto: Re: Missões da West-Wolf   Qua Fev 29, 2012 5:10 pm

Segunda missão

Fantasmas. Podem parecer tão ridículos, mas de perto e batalhado com eles, que problemáticos. São 10 fantasmas, você não pode tocá-los e não pode ataca-los. Como expulsá-los? Tem um líquido na camâra secreta (Área que ainda vou criar no fórum) que faz algo não sólido ficar sólido. Assim, uma gota em um fantasma é suficiente para ele ficar sólido e poder ser destruído.

Fantasmas podem:
Entra em sua mente e te influenciar a fazer coisas; Te paralisar de medo quando olhar diretamente em seus olhos; Criar energia escura; Fazer a temperatura cair.


Prêmios
0 a 10 pontos para sua casa
500 grana
0 a 10 níveis dependendo do texto.

*Ass:

Clikem aê em meus Dragões:
Shadow, Male, Air. Byron, Male, Fire
Tetis, Female, Water Ryder, Male, Air
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Nightmare

avatar

Mensagens : 78
Data de inscrição : 18/02/2012
Idade : 19

Cartão Do Estudante
Seu nível:
36/1000  (36/1000)
Poderes:
Poderes do animal:

MensagemAssunto: Re: Missões da West-Wolf   Sab Mar 31, 2012 8:00 am

Legenda
Eu
Teresa Guardflyer

Em um dia aparentemente comum eu estava dormindo até tarde, oque tambem não era comum. Quando acordei eu fui escovar os dentes e fui para o salão comunal.
No salão comunal 10 alunos estavam agindo estranho e o ar estava gelado. Eles me olharam e cairam. Quando cairam alguma coisa parecendo a alma deles saiu do corpo e sumiram, eu fui correndo até eles para acorda-los mas um deles se levantou e lançou uma lança de vento mas eu desviei. O aluno veio em minha direção e começou a lançar lanças de vento em mim, eu começei a desviar e dei um soco no peito dele. Ele caiu mas se levantou e jogou outra lança de vento mas dessa vez eu desviei e joguei uma onda de fogo nele que caiu no chão quase morto e a mesma coisa estranha saiu do corpo dele. Eu controlei as trevas e acertei a coisa mas as trevas atravessou ela sem causar dano. Ela sumiu, eu sai correndo procurando um professor quando acho a diretora da casa Teresa Guardlflyer e começei a falar rapídamente:
-Professora, eu tava no salão comunal da casa quando de repente um menino me atacou então eu queimei ele, ai uma coisa saiu de dentro dele, eu ataquei mas ela sumiu...
-Calma! Fale mais devagar.
Eu respirei fundo e começei a falar calmamente:
-Olha. Eu estava no salão comunal da west-wolf e de repente um menino me atacou, eu o ataquei devolta e o derrubei, mas não matei. Ai uma coisa saiu de dentro dele parecendo a alma dele. Então eu ataquei a coisa mas ela sumiu.
-Ok. Deixa eu ver se entendi. Você estava no salão comunal quando um menino te atacou e alguma coisa saiu de dentro dele.
-Isso mesmo.
-Acho que sei oque saiu de dentro dele.
-Oque???
-Um fantasma
-E como eu mato eles?
-Acho melhor você deixar isso com os diretores.
-Mas agora eu estou curioso e eu não vou ficar sentado esperando os outros resolverem tudo sozinhos.Alem do mais, eu não tenho nada pra fazer hoje.
-Ta. Então vamos buscar uma coisa na camara secreta.
Sem querer explicações somente uma boa luta segui ela até a camara secreta.
Na camara, ela pegou um frasco cheio de um liquido e começou a falar:
-Olha. Este liquido deixa as coisas não solidas como os fantasmas solidos. Você só precisa jogar uma gota nele e depois é só bater até ele morrer.
-OK. To indo mata eles então.
-Ah! Eles podem entrar na mente das pessoas e controla-las, deixar o ar gelado, te paralizar se olhar nos seus olhos e criar energia escura
-Ok.
Fui correndo procurar eles e logo acho um. Eu corro até ele e jogo uma gota nele e a gota faz ele ficar solido e não deixa ele fugir. Eu começei a espancar ele até ele morrer. Depois de matar ele sai correndo para procurar os outros.
No corredor vejo um mas este atravessa a parede. Eu, ja conhecendo os caminhos da escola de tanto vagar por ela que fui exatamente onde o fantasma tinha atravessado a parede e vi ele de costas. Aproveitando a chance, eu taco uma gota e alguns segundos depois duas bolas de fogo.
-Morre fantasma idiota!!!
Depois de matar o fantasma, fui de fininho procurar os outros mas logo vejo 7 alunos possuidos e jogo bolas de fogo neles, mas eles me vem e se protegem criando um escudo de energia escura. Eles me olham com cara feia(de quem comeu e não gostou lol) e vão para cima de mim lançando bolas de fogo, raios e bolas de energia escura. Eu saio correndo até virar em um corredor. Eles chegam onde estou mas eu faço um ataque surpresa criando uma onda de fogo que queima 3 deles e o fantasma sai do corpo dos 3 alunos. Eu taco gotas neles e lanço outra onda de fogo queimando os tres fantasmas. Os outros quatro saem do corpo dos alunos e se espalham, quando vejo eles se espalharem grito e saio correndo atras deles.
Vou correndo atras de um até que chego no salão comunal da south-wolf. Ele começa a lanças rajadas de energia escura mas eu desvio de todas e jogo outra gota no fantasma e lanço uma lança de trevas e o mato.
-Agora só falta tres fantasmas idiotas.
Falando isto saio a procura dos outros tres.
Logo acho outro entrando no banheiro feminino(que safado). Eu chego perto dele e jogo uma gota e a mão dele fica presa dentro da parede. Eu faço duas bolas de fogo e queimo ele.
-Esses fantasmas são muito irritantes!!!
Reclamando da dor nas pernas de tanto andar procurando os fantasmas começo a andar bem, mais bem devagar. Logo vejo um dos fantasmas e lanço uma gota do liquido e uma onda de palavrões, eu chego mais perto dele e quando ele fica solido eu crio uma lança de trevas e perfuro ele, perfuro varias vezes até ele parecer queijo.
-Agora só falta um. Esse vai sofre pra caramba.
Determinado a matar o fantasma e ao mesmo tempo tortura-lo vou andando prestando atenção em qualquer sinal dele. Ele aparece atras de mim e lança uma bola de energia escura que me acerta nas costas. Eu me levanto e jogo duas gotas nele e depois duas lanças de trevas que perfuram os ombros dele e o prendem na parede. Eu começo a criar chamas e coloco nos pés dele que começam a subir queimando todo corpo dele.
-Vocês fantasmas são muito irritantes. Então para finalizar...
Falando isso eu materializo minha lança lorelei e a enterro aonde seria o coração e com isso ele dissipa no ar. Logo volto para o salão comunal da west-wolf e vejo a diretora Teresa Guardflyer sentada em uma poltrona. Eu vou falar com ela.
-E ai diretora. Trabalho feito.
-Otimo. A casa ganhou alguns pontos por isso e você pode ir descansar
-Obrigado.
Então subo ao dormitorio e tiro um cochilo(e acordo as 2 da manhã lol)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://rpgbleach.forumeiros.com
Gabriel David
Faggot


Mensagens : 136
Data de inscrição : 30/01/2012
Idade : 16
Localização : Na sala de comando

Cartão Do Estudante
Seu nível:
1/1000  (1/1000)
Poderes:
Poderes do animal:

MensagemAssunto: Re: Missões da West-Wolf   Sab Mar 31, 2012 6:16 pm

Cara to imprecionado com seu texto, 9 Pontos de Texto, 6 niveis e 500 Grana na ficha
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://escolasobrenatural.forumeiros.com
Giovanni Dragneel
Faggot


Mensagens : 302
Data de inscrição : 07/02/2012
Idade : 20

Cartão Do Estudante
Seu nível:
786/1000  (786/1000)
Poderes:
Poderes do animal:

MensagemAssunto: Re: Missões da West-Wolf   Qua Abr 04, 2012 7:27 pm

Terceira Missão

O rei de Kuryan está muito doente e corre risco de vida. Mas o que isso tem a ver conosco? Simplesmente porque ele estava preparando uma magia protetora para nós, mas se ele morrer ficaremos sem ela! Ele oferece uma recompensa muito gorda para quem encontrar o remédio que cura essa sua doença. É um caso grave de Congelamento do Suco Gástrico, e ele não pode mais concluir a digestão dos alimentos. O Rei Acrísio XIX e seu exército estão fazendo de tudo para que ninguém ache o remédio e torcendo para que o rei de Kuryan morra logo. Sua missão é cruzar o Terceiro Deserto e pegar o remédio para o rei. Você pode seguir dois caminhos: O Atalho pelo Terceiro Deserto, enfrentando 2 Escorpiões Gigantes; ou seguir em frente pelo Primeiro Deserto e enfrentar Acrísio XIX e sua poderosa tropa. Se for bem sucedido:

No atalho do Terceiro Deserto:

0 a 10 pontos para sua casa;
0 a 8 Níveis para você e seu animal se ele participar;
0 a 500 Grana;


Pelo Primeiro Deserto:

0 a 10 Pontos para sua casa;
0 a 15 Níveis para você e seu animal se ele participar;
0 a 500 Grana.

*Ass:

Completei todos os dragõoes Õ/ Cliica aê embaixo em cada um, pra upar o lvl "="

Pyrus, Lucia & Eastern Dragon Egg.
Chaor, Kurth & Plesiodragon Egg.
Raptor & Felidragon Egg.
Milotic, Bahamut & Furdragon Egg.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Nightmare

avatar

Mensagens : 78
Data de inscrição : 18/02/2012
Idade : 19

Cartão Do Estudante
Seu nível:
36/1000  (36/1000)
Poderes:
Poderes do animal:

MensagemAssunto: Re: Missões da West-Wolf   Qua Abr 04, 2012 9:30 pm

Legenda

Eu
Pessoa qualquer
Gabriel David
Rei Kuryan

Eu estava andando pela escola indo para a floresta. No corredor vejo um quadro com uma mensagem. A mensagem dizia o seguinte:

O Rei Kuryan esta doente e ele precisa de um remedio. Os que quiserem ajudar ele, devem pedir a um diretor e passar pelo deserto a fim de encontrar o remedio. As informações serão passadas para os que forem a busca e o rei dara uma recompensa para quem conseguir.

Vendo esta mensagem saio correndo procurar um diretor. Logo vejo a diretora Teresa Guardflyer mas ela estava rodeada de alunos que queriam sair na busca. Vendo que ia demorar para eu chegar até ela eu saio procurando outro diretor.
Depois de quinze minutos vejo o diretor Gabriel David e vou até ele antes que outro aluno o veja e começo a falar:
-Eai diretor.
-Ja sei. Você quer uma permissão para ir na busca.
-Então você me da a permissão?
-Não.
-Ahh. Por que não?
-Porque é muito perigoso.
-Mas eu vo toma cuidado.
-Ainda assim não.
-Qual cara? Pensei que a gente era amigo.
-Não somos.

-Mancada.
-Se tiver um exercito com você eu deixo.
-Sendo assim eu arranjo um bando de maluco pra vir comigo.
Falando isso saio correndo antes que ele diga que era mentira. Vou andando até o salão comunal da west-wolf e começo a falar para todos os alunos:
-Gente! Eu queria saber se vocês iriam comigo em uma busca por um remedio para o rei Kuryan. Ele vai da uma reconpensa pra quem achar o remedio e levar para ele.
Mas um dele responde:
-Mas como vamos saber se você não vai nos enganar para ficar com toda a reconpensa?
Todo mundo começa a falar mas eu interrompo e falo:
-Eu vou dividir a reconpensa com vocês mas só se vocês me ajudarem se não vai ser cada um por si.
Eles ficam murmurando mas aceitam. Então eu vou até o diretor Gabriel David com eles me seguindo e falo:
-Aqui esta o exercito.
E aponto para eles. Gabriel fica olhando para eles mas depois fala:
-Ta bom, ta bom, você venceu. Eu dou a permissão para vocês irem a busca. Agora vou explicar oque vocês tem que fazer. Um, vocês tem que atravessar o deserto para achar uma planta medicinal, esta planta fica em um cacto com espinhos vermelhos e ela é verde-azulado. Dois, para pegar a planta vocês tem que ir ou pelo atalho no terceiro deserto ou pelo Primeiro Deserto onde o rei Acrísio XIX esta com seu deserto para impedir que alguem consiga o remedio. E tres, o mais obvio, levar o remedio para o rei Kuryan
Nós nos viramos para nos aprontar para a viajem mas ele da um ultimo aviso:
-Se vocês forem pelo atalho, dois escorpiões gigantes estão la e o veneno deles é mortal então tomem cuidado.
Sem falar nada vamos para o salão comunal para se preparar e discutir por onde vamos. No salão comunal nós nos preparamos para a viajem e depois nos reunimos para discutir por onde iamos. Quando todos estavam la eu começei a falar:
-Acho que pelo atalho é mais facil porque só tem dois inimigos mas pelo Primeiro Deserto é mais rapido ja que o unico obstaculo é o exercito do outro rei
Um deles fala:
-Mas se formos pelo primeiro deserto o exercito vai nos massacrar.
-É só nós passarmos escondidos um por um atras das tendas até atravessar a parte onde eles estão.
Mas outro retruca:
-Isso é suicidio. Nós vamos pelo atalho e ponto final.
-Eu ja disse que se não me ajudarem vai ser cada um por si. Mas ja que vocês teimam em ir pelo atalho vai vocês e eu atravesso o exercito. Quanto menos para atravessar mais facil para eu passar despercebido.
Eles me olham e eu saio e vou para o estabulo pegar meu lobo de fogo, Rayearth. Chego no estabulo e pego meu lobo e vou ao deserto. Quando chego no começo do deserto os outros aparecem e o que parecia ter pego a liderança fala:
-Nós só iremos com você até o começo do atalho, depois nos separamos.
Aceitando a condição nós vamos andando pelo deserto. Depois de horas andando pelo deserto escaldante eles chegam no atalho e nos separamos. Eles entram no atalho mas o que tinha pego a liderança fala para mim:
-Você só pode estar louco. Vem com a gente, é mais facil.
Eu olho para ele decidido a continuar indo pelo Primeiro Deserto e falo:
-Agradeço o convite, mas, eu teria que dividir a recompensa e isso eu não quero
-Então boa sorte.
-Como se eu precisasse
Falando isso continuo meu caminho e depois de mais 3 horas anoitece e vejo o acampamento do exercito do rei Acrísio XIX e vejo as milhares de tendas para abrigar os milhares de soldados mas não me intimido e corro até ver a torre de observação. La vejo dois soldados com lanças olhando atentamente para todos os lados, mas eu era mais esperto e joguei uma pedra que faz um barulho. O barulho chama a atenção deles e eles desviam o olhar para onde joguei a pedra. Neste meio tempo eu controlo as trevas e faço elas cortarem a garganta deles. Eles caem mortos no piso da torre e eu começo a subir a torre criando uma escada de trevas solidas.
Chegando no topo da torre examino a posição das tendas e acho um caminho seguro para chegar do outro lado do deserto mas o problema era que em uma parte um bando de soldados ficava para jogar e beber mas eu daria conta deles. Então depois de ter examinado todas as passagens eu desço e me escondo atras de uma tenda e depois atras de outra, e outra, e outra, até chegar onde os soldados ficam jogando e bebendo. Ainda escondido, eu controlo o a fogueira que eles tinham e faço as chamas dela acertarem os soldados mais proximos dela fazendo ela se extinguir. Com a fonte de luz destruida eu controlo as trevas matando varios outros e depois chamo meu lobo de fogo e termina o trabalho sujo queimando todos.
Continuo andando mas de repente o alarme soa e penso que eles descobriram os vigias mortos. Então, sem esperar que eles me encontrem eu peço para meu lobo de fogo entrar em chamas e atravessa todas as tendas abrindo caminho para mim passar. Eu sabia que isso causaria muita bagunça mas era o jeito mais rapido de atravessar o acampamento.
Logo estavamos chegando no fim mas varios soldados aparecem na frente e tentam nos atacar. Eu e Rayearth desviamos e eu pego minha lança, Lorelei, e começo a atacar os soldados que estavam chegando pelas costas enquanto Rayearth queimava os da frente. Logo o general do rei aparece em uma armadura de ouro e uma grande espada de prata. Ele estava com 50 soldados que tinham ordens de atacar para matar. Eu olhei para ele e depois para os soldados e crio um muro de trevas e em seguida um de fogo mas o general usa sua espada que corta o muro de trevas e passa pelo muro de fogo saindo ileso. Ele ergue a espada e começamos a batalhar. Meu bom e leal pet Rayearth, me ajudava eliminando qualquer soldado que chegava para ajudar. O general começou então atacar perto de minha mão tentando fazer eu soltar minha lança mas, eu me defendia e revidava. Todos meus ataques o atingiam, mas a armadura era tão resistente que minha lança não causava nem um arranhão. Ele continuava me atacando e eu perdia terreno e ficava encurralado entre ele e uma tenda. A tenda era meu menor problema agora porque varias fileiras de soldados apareceram com milhares de flechas. O general saiu da frente e uma chuva de flechas veio em minha direção. Eu olho para aquelas flechas e crio um muro de trevas que para as flechas mas logo vejo que meu lobo estava ficando encurralado e os arqueiros preparavam outra chuva de flechas mas em direção dele. Eu saio correndo em direção dos arqueiros e eles, espantados não conseguem se defender a tempo e eu mato cinco com um movimento circular com a lança. Eu continuo matando os arqueiros mas Rayearth ficava mais encurralado quando grito para ele:
-Vire uma fenix!!!
Ouvindo eu gritar ele se transforma na fenix e começa a furar os olhos dos soldados e soltar rajadas de fogo neles. Eles começam a gritar de dor e os gritos de agunia deles desconcentram os arqueiros e eu mato o restante. Sem perceber o general estava prestes a me atacar pelas castas mas, meu lobo em forma de fenix voltou para a forma normal e usou a super velocidade para me levar para longe. Ele conseguiu, me levou a tres metros de distancia do general que me olha e pega uma lança de um soldado morto e a lança em minha direção, eu desvio e materializo um tridente e tambem o lanço em direção do general, mas este pega o tridente no ar e o lança devolta e me acerta no ombro. Eu olho para o tridente e seguro o grito de dor, começo a puxar ele e retiro ele do ombro. Vendo que não tinha a menor chance de mata-lo enquanto ele estivesse naquela armadura, começei a correr e criando barreiras ou muros de fogo ou trevas no caminho para atrasa-lo mas ele era incansavel e destruia todas sem perder o ritmo da corrida, olho espantado e penso: "Ele é um monstro!!!" Continuo correndo mas ele estava me alcançando aos poucos, foi quando pensei: "Se ataques diretos não funcionam e barreiras tambem não, que tal armadilhas e obstaculos mais solidos"
Pensando nisso, controlo as trevas e faço as tendas ficarem no caminho. Logo na frente da tenda coloco uma armadilha de trevas que iria cortar a perna dele fora. Ele destruiu as tendas mas foi pego pela armadilha, mas, ele continuava correndo mesmo com ela presa no pé. Vendo que toda a armadura era indestrutivel pensei em atacar nos espaços que tem nas articulações. Eu continuo correndo mas logo percebo que o acampamento estava quase acabando. Antes de sair do acampamento eu me viro, desvio dele e acerto na parte de tras do joelho. A minha lança atravessou o joelho dele e ele caiu. Eu tirei a lança do joelho dele e acertei o cotovelo fazendo-o soltar a espada de prata. Então, pego a espada de prata dele e tento cortar o braço dele fora mas ele se vira e a espada acerta no peito e faz amassa a armadura dele, então, percebo que a espada e a armadura estavam encantados fazendo-as quase indestrutiveis e por isso uma podia destruir a outra, porque o encanto fazia as duas mais fortes capazes de uma destruir a outra então começo a tentar corta-lo fazendo grandes amassados e rachaduras na armadura e na espada. Logo eu consigo detruir a armadura dele mas ao mesmo tempo a espada, mas eu pego a lança e perfuro o coração dele. Eu vou em direção do deserto mas me lembro do Rayearth e volto correndo para ver ele. Quando acho ele, um cheiro de carne queimada estava no ar e vejo varios soldados caidos no chão queimados. Sem me preucupar chamo ele e saimos do acampamento.
Nós continuamos andando e o dia começa, nós passamos a noite em claro mas nós chegamos em um campo cheio de cactos, nós vamos andando e vemos o cacto descrito pelo diretor. Nós nos aproximamos e vemos uma planta verde-azulada e a pegamos, era o remedio.
Nós então, voltamos ao acampamento e atravessamos ele de novo mas por causa da quantidade de soldados mortos e feridos, quase nenhum guarda ou vigia estava la. Nós continuamos andando quase mortos de cansaço mas atravessamos o deserto novamente e fomos ao castelo do rei Kuryan e eu dou a planta. Ele a olha e da para um servo que sai. Ele olha para nós e fala:
-Obrigado por trazer o remedio. Você quer algo?
-Só quero minha recompensa, comida e cama para mim e para meu lobo
Ele chama os servos e manda preparam comida, uma cama e um banho e diz para nós:
-Amanhã vou te dar a recompensa e um dos meus guardas o levara com você toda sua recompensa
Eu simplesmente agradeço e logo um servo volta e pede para que eu o acompanha. Eu o acompanho e depois de uma boa comida e um banho vou dormir.
No dia seguinte volto para a escola sobrenatural e recebo noticias que os outros alunos que foram pelo atalho voltaram de mãos vazias mas são e salvos. Eu vou até eles e para não deixar eles tristes dou algumas moedas que ganhei da recompensa.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://rpgbleach.forumeiros.com
Giovanni Dragneel
Faggot


Mensagens : 302
Data de inscrição : 07/02/2012
Idade : 20

Cartão Do Estudante
Seu nível:
786/1000  (786/1000)
Poderes:
Poderes do animal:

MensagemAssunto: Re: Missões da West-Wolf   Qui Abr 05, 2012 2:41 pm

Ok, gostei do texto, porém você é muito fraco pra fazer ataques assim. E você usa o controle das trevas pra colocar tendas no caminho ou matar a galera? Não, não pode. Fora que tá cheio de erros de ortografia, mas a batalha está bem legal. Descontando de 10, seus erros em ataques, a falta de diálogo e os erros ortográficos, 5 Pontos para a West, 7 Níveis para você, 5 para Rayearth e 500 Grana. Melhorou o texto, mas precisa fazer maior.

*Ass:

Completei todos os dragõoes Õ/ Cliica aê embaixo em cada um, pra upar o lvl "="

Pyrus, Lucia & Eastern Dragon Egg.
Chaor, Kurth & Plesiodragon Egg.
Raptor & Felidragon Egg.
Milotic, Bahamut & Furdragon Egg.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Giovanni Dragneel
Faggot


Mensagens : 302
Data de inscrição : 07/02/2012
Idade : 20

Cartão Do Estudante
Seu nível:
786/1000  (786/1000)
Poderes:
Poderes do animal:

MensagemAssunto: Re: Missões da West-Wolf   Qui Abr 05, 2012 4:46 pm

Pensei melhor, merece mais 1 ponto.

*Ass:

Completei todos os dragõoes Õ/ Cliica aê embaixo em cada um, pra upar o lvl "="

Pyrus, Lucia & Eastern Dragon Egg.
Chaor, Kurth & Plesiodragon Egg.
Raptor & Felidragon Egg.
Milotic, Bahamut & Furdragon Egg.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Convidad
Convidado



MensagemAssunto: Re: Missões da West-Wolf   Sex Abr 13, 2012 5:57 pm


Eu
Acrísio XIX
Hassanssin
Rei de Kuryan
Guerreiros
Giovanni Flars
Teresa Guardflyer
Guardas

Eu ainda estava muito atônito, tinha horas que deixava de acreditar que tinha poderes e que vários outros também tinham. Mas depois de ver que meu cachorro, Kyros, era um lobo gigante, passei a acreditar. Sobre o Kyros, bem meus pais lançaram uma magia de encolhimento e ele ficou do tamanho de Huscky Siberiano. Passemos a história de hoje, como aconteceu meu primeiro dia de aula:

Ser um novato não era lá a melhor coisa que eu já tinha feito, numa escola como essa, ser fraco e quase como ser normal... Mas o pessoal da West-Wolf me recebeu bem e disseram que eu deveria receber uma missão e eu estava gostando dessa ideia. Um tempo depois eu sai da sala comunal e caminhei pela escola, conhecendo quase todos seus lugares, faltava a biblioteca. No caminho para a biblioteca, die um encontrão com alguém que passava veloz mente, tanto que eu não vi. Era uma menina, que logo se levantou e olhou pra mim, dizendo:

- Oi! Desculpa, é que estou com pressa. Ora, nunca te vi, deve ser o Nathan não é?

- Sim sou eu, e você é...?

- Sou Teresa Guardflyer, diretora da casa West-Wolf e controladora suprema do vento.

- Uou. Sou da West-Wolf! Mas pode dizer o motivo da pressa?

- Não, por enquanto é confidencial. Mas se é novato, provavelmente vai saber logo, logo.

Não entendi bem, mas ela já tinha desaparecido, Super Velocidade talvez? Resolvi que devia ignorar, ela disse que logo eu saberia então, deixe o logo chegar logo.

Pov Teresa


Passei correndo até chegar na sala dos Diretores. Onde Giovanni esperava sentado. Ele então disse:

- Achou algum antídoto ou sei lá?

- Nem sinal, mas tem um novato que pode ajudar.

- Novato? acha que um novato enfrenta um exército?

- Missões de novatos caramba. Vamos botar ele em teste, posso mandar o Raptor vigiá-lo dos céus enquanto anda!

- É... É uma boa ideia, mas e o antídoto?

- Bem, diremos a ele sobre a existência dele e veremos o que ele faz.

- Estou de acordo, quando começamos?

- Pode ser hoje mesmo, depois do almoço, ele vai estar disposto e alimentado.

- Certo, mas você fala com ele.

- Já fiz bastante, dando boas vindas e a ideia de mandar ele na missão. Vai você!

Os olhos de Giovanni pareceram pegar fogo, mas por fim, concordou.

Pov Teresa end


Todos os alunos estavam presentes no salão comunal. Ouviam-se barulhos de garfos batendo contra pratos e de alguns alunos sem educação que comiam de boca aberta. É claro também se ouvia as conversas que ecoavam pelo salão. Eu estava comendo animadamente e conversando com ChaosMaster. Depois do almoço eu já me sentia novo, como se tivesse acabado de sair de um bom banho e tendo tirado uma boa soneca. Eu ia caminhando na direção dos estábulos, queria dar um oi para Kyros, que era um pouquinho raivoso e só obedecia ordens da minha família. Chegando lá, vi a imensa forma de um lobo deitado.

- Como vai Kyros?

O lobo abriu os olhos amarelos e respondeu com um pequeno rosnado.

- Sim, também estou feliz em te ver. O que foi?

Kyros derrepente levantou a imensa cabeça e olhou para um ponto atrás de mim. E lançou um forte rosnado. Me virei e vi um garoto de 14, 15 anos andando em minha direção, acompanhado de uma Quimera, que ao ver Kyros também tinha rugido. O rapaz se aproximou de mim com um sorriso.

- Olá! Sou Giovanni Flars, diretor da East-Wolf! Você falou com a Teresa hoje não falou?

- Sim, mas o que é que tem?

- Ela te falou que logo saberia de algo não falou?

- Sim.

- ótimo! Vai saber agora. É o seguinte: O rei de Kuryan está muito doente e corre risco de vida.

- E....

- Ele estava preparando uma magia protetora para nós, mas se ele morrer ficaremos sem ela! Ele oferece uma recompensa muito gorda para quem encontrar o remédio que cura essa sua doença. É um caso grave de Congelamento do Suco Gástrico, e ele não pode mais concluir a digestão dos alimentos. O Rei Acrísio XIX e seu exército estão fazendo de tudo para que ninguém ache o remédio e torcendo para que o rei de Kuryan morra logo.

Estava começando a gostar do rumo daquela conversa - E o que isso tem a ver comigo? Rolling Eyes

- Sua missão é cruzar o Terceiro Deserto e pegar o remédio para o rei. Você pode seguir dois caminhos: O Atalho pelo Terceiro Deserto, enfrentando 2 Escorpiões Gigantes; ou seguir em frente pelo Primeiro Deserto e enfrentar Acrísio XIX e sua poderosa tropa.

Abri um sorriso e respondi sarcasticamente - Só isso?

- Não zombe, se voltar com vida, pode apostar que será bem vindo.

- Ok! Vou me preparar.

- Boa sorte novato. Mas cuidado, qualquer um dos caminhos é muito perigoso.

- A propósito, em que direção fica o deserto?

- Siga a norte.

Concordei com um gesto de cabeça e corri para meu quarto. Chegando lá, pude ver todos da West-Wolf olhando para mim quando eu passava apressado. Peguei uma mochila e fui colocando dentro: umas frutas, um casaco, peguei um equipamento de acampar caso precisasse e um isqueiro. Peguei minha espada e coloquei ela na bainha. Sai correndo da sala comunal na direção dos estábulos, onde encontrei Kyros já sentado, como se já esperasse que eu fosse sair.

- Se importa se eu montar?

O lobo balançou a cabeça, negativamente, subi em suas costas e disse para ele seguir a norte. Meu lobo começou a correr a passadas largas, já que ele era bem grande. Já era pôr do sol quando chegamos ao deserto, ainda haviam claras pegadas na areia do deserto, era um confusão. Pude ver fumaça a distância, tinha montado um acampamento. Tinha aprendido com Will que deveria ser cuidadoso, seguir pistas e não acender fogueiras, isso chamaria a atenção deles em um lugar sem montanhas e árvores como este. Kyros prosseguiu com cuidado, avistando as fogueiras e fumaça a distância, sabia que tinham alcançado o inimigo.

- Vai com cuidado e tente não fazer barulho.

Kyros assentiu e começou a ir mais lentamente quando devia estra a uns 5 quilômetros do acampamento. Desmontei Kyros e deixei ele deitar, assim ele se camuflaria com a paisagem parecendo uma duna de areia meio escura. O sol já tinha sumido e eu me sentia um pouco nervoso, deveria escolher o exército ou os escorpiões... Eu era capaz, se agisse como Will agia. Ops, não disse quem é Will, bem ele é um arqueiro de histórias do livro Ranger: Ordem dos arqueiros. Sempre me inspirava sobre o que fazer quando pensava no que ele tinha feito.

- Kyros eu vou me aproximar em silêncio, fique aqui e somente quando eu der o sinal você vem..

Kyros deu um leve grunhido, dando a entender que ele tinha entendido. Sai correndo pelo deserto em uma noite bem fria, tirei a mochila durante o caminho e coloquei o casaco que tinha trazido, corri por mais um tempo e aquela dor na barriga começou a aparecer, eu comecei a correr mais lentamente e quando cheguei ao acampamento, eu estava a aproximadamente 500 metros do acampamento, abaixado e me aproximando lentamente. Comecei a ouvir conversas e coisas assim, mas me chamou atenção uma tenda maior que as outras e com 4 guardas rodeando-a. devia ser ali que o Rei Acrísio estava, fui andando por trás das tendas, sem fazer um único ruído, tentando fazer seus movimento se camuflarem com o fundo, me movia devagar, até estar perto o suficiente do guarda que vigiava a parte de trás, mas este perto o suficiente ainda era longe o suficiente para que o guarda não me visse. fui chegando devagar e quando puxei Crescente já estava perto o suficiente e decepei o guarda e segurei-o antes de cair, para que não fizesse ruído. deitei ele cuidadosamente atrás da tenda e me aproximei para escutar a conversa:

- Você já está com tudo pronto?

- Sim. O antídoto foi bem guardado.

- Onde está?

- Porque diria? E se tivesse alguém espiando a gente?

- Tenho quarto guardas de vigia, é suficiente. Agora onde está?

- Nas suas vestes. Coloquei ontem no bolso esquerdo da sua calça.

- Estava mexendo em meus pertences?

- Dei um jeito de só pegarem o antídoto se te pegarem.

- É... Ok esqueça, amanhã iremos embora para que ninguém chegue a tempo de salvar o rei.

Olhei de esgueira para a pessoa que saia, vestia roupas pretas e uma capa roxa desbotada, tinha duas facas no cinto, uma besta no ombro e uma adaga. Engoli em seco ao observar o homem entrar em outra tenda. Me afastei, fiquei atrás de um pequeno arbusto, coloquei meu saco de dormir atrás dele e apaguei, mas me preparei para acordar a qualquer barulho estranho. Mas, eu acordei acorrentado em um poste enquanto 3 guardas me vigiavam.

- Pensou que invadiria nosso acampamento?

- Sinceramente? Pensei sim.

- Tsc,Tsc. Deveria prestar mais atenção: Somos 63 você é um.

- E você deveria tomar um banho, está fedendo.

- Olha aqui, por minha vontade ainda não matei você, então respeite ok?!

- Paga pra ver?

Nessa hora, um relâmpago cortou os céus e a terra começou a ter um leve tremor. O guarda olhou envolta, buscando o motivo e então viu. Uma imensa forma lupina negra, correndo na direção do acampamento. Os soldados começaram a apanhar armas, mas a sombra fez a terra tremer, fazendo com que as armas e os guardas caíssem antes mesmo de prepará-las. A sombra começou a tomar forma e Kyros corria em direção ao acampamento com as patas em chamas. Ele rapidamente chegou e com uma garra, derreteu a corrente, me libertando. Peguei Crescente na bainha e me coloquei em posição de batalha. Então gritei para Kyros:

- Mate quantos der! Vou atrás do Acrísio!

Pov Acrísio XIX


Uma coisa estava muito errada. Meu exército estava aos berros mas eu estava dentro da tenda, olhando para o pequeno Antídoto em minhas mãos. A barulheira piorou quando um terremoto começou. Eu abri o feicho da minha tenda para olhar. O prisioneiro que tinham capturado tinha se libertado e ia cortando qualquer um que surgisse na sua frente, as vezes um relâmpago descia dos céus e atingia meus soldados. Um lobo gigante ia tacando fogo nas tendas e esmagando os soldados.

- Eu vou é fugir...

Saí correndo pela tenda em direção ao deserto, peguei um dos cavalos e sai deserto a fora.

Pov end

Eu lutava e cortava os guerreiros, fazia raios caírem em suas cabeças e tudo que eu tinha direito. Kyros esmagava, incinerava e controlava as mentes para que um guerreiro se virasse contra o outro. Foi então que ouvi cascos de cavalos se afastando, olhei na direção do som e vi um cara fugindo, como ele vestia as roupas mais bonitas, supus que era Acrísio, logo atrás dele, estava o cara da capa roxa desbotada. Eu não deixaria eles escaparem, corri na direção dos cavalos presos, cortei a corda de um marrom com crina preta, montei na sela que já estava pronta e sai a galope atrás dos fugitivos.

- Vou pega vocês, podem esperar.

Dei um toque nas costelas do cavalo e ele acelerou, me aproximando cada vez mais do cara de capa roxa. Ao ouvir outros cascos ele se virou e me viu, apanhou sua besta e ficou tentando mirar, mas o chacoalhar do cavalo o atrapalhava o meu cavalo se aproximava cada vez mais do dele, até estarmos lado a lado. Peguei Crescente e tentei cortar o peito dele, mas ele se desviou chegando para trás. Porém nesse movimento, ele se desequilibrou e caiu com o cavalo, como sabia que ele iria me perseguir, parei o cavalo e saltei , desferindo um golpe na cabeça dele. Mas ele pegou a adaga e defendeu o golpe, agora que estava parado, teria mais chance. Pegou sua besta e atirou rapidamente. Me joguei para o lado rolando e desferi um golpe nas pernas dele, fazendo o sangue jorrar do ferimento. Mas ele pegou uma das facas e atirou em mim, literalmente. A faca passou cortando pelas minhas costelas e senti algo quente escorrer por elas. Peguei o casaco que ainda estava comigo e amarrei ele no ferimento, parando o fluxo de sangue. Mas fiquei furioso, entrei em modo Sennin e desci um relâmpago nele. Com o modo Sennin a força do golpe aumentou. fazendo ele apagar na hora. montei novamente no cavalo e sai a galope atrás de Acrísio.

Pov Kyros

Nathan tinha pedido para que eu ficasse e acabasse com eles enquanto ia atrás de Acrísio. Eu estava disposto a acabar com aquele exército. Eu lançava labaredas, pisava em guerreiros e comandava para que uns atacassem os outros. Mas derrepente senti uma dor incrível na minha perna traseira direita. Soltei um uivo arrasador e olhei para ver o que era, 4 flechas fincadas na coxa e um homem de roupas pretas com uma capa desbotada roxa e uma besta na mão. Aquele maldito tinha me atingido! Mas comecei a sentir a pata direita ficar dormente. Era veneno! Comecei a mancar, mas continuava soltando chamas e pisoteando guerreiros, mesmo com a pata ferida eu ainda podia lutar. Mas meu principal alvo agora era o homem de capa roxa. Eu soltava labaredas, tentava pisotear. Mas ele era rápido e se esquivava, porém ninguém escapava do meu controle de mente. Ordenei a ele que começasse a atirar em todos os soldatos. Somente assisti enquanto o homem Fazia o trabalho.

Pov End

Eu estava cada vez mais próximo de Acrísio quando ouvi um uivo intenso as minhas costas. Eu não me atrevi a olhar para trás, seria uma distração e eu poderia bater ou perder a concentração. O cavalo de Acrísio já estava mais lento e Acrísio fez ele parar para poder ver de onde vinha o uivo. Foi um erro dele, quando meu cavalo estava bem próximo do dele, eu saltei da sela e peguei os ombros de Acrísio e joguei ele no chão, caindo em cima dele.

- ONDE ESTÁ?

- Onde está o que?

- VOCÊ SABE MUITO BEM! CADE O ANTÍDOTO?

- VOCÊ NUNCA DESCOBRIRÁ!

- Eu duvido muito! Tenho meu veneno e posso usá-lo contra você!

Tirei meu cantil de água a sacudi, para mostrar que tinha um líquido. Porém não disse que era apenas água. Ele sorriu e disse:

- Não vou cair nessa! Isso é só água!

Ele pediu, apenas para continuar meu teatro, fiz ele beber a água a força, ele recuava. Mas depois de tomar, ele fechou os olhos e riu:

- HAHAHAHA! Te disse que isso era água, não tem veneno nenhum!

Mas peguei o cabo de Crescente e atingi a cabeça do rei. A visão dele deve ter ficado turva e ele desmaiou. Eu sorri e pensei " É, era só água, mas o cabo da minha espada é o veneno!". Fucei nos bolsos do desmaiado rei até encontrar um pequeno líquido em frasco. Peguei ele e sorri, antídoto encontrado, agora, onde é o castelo? Olhei para todos os lados mas tudo que vi foram montanhas, olhei melhor, não, tinha um leve vulto de uma torre a fundo do deserto. Comecei a sentir muita sede. Peguei o cantil e bebi o que restava, a água tinha gosto de plástico agora. Eu fiz um relâmpago cortar o céu. Era o sinal para Kyros se aproximar. Eu vi a imensa sombra se aproximar, porém ela vinha mais lentamente do que viria normalmente. Mesmo assim chegou rápido, notei que a pata traseira direita estava sendo arrastada.

- Tá tudo bem Kyros?

O lobo choramingou, apontando para as flechas na pata. Corri e retirei elas rapidamente, mas meu corpo já estava ficando molhado pçra caramba. Então me lembrei do ferimento nas costelas e a dor recomeçou. "O que os olhos não veem o coração não sente." Pensei. Montei no meu lobo e apontei na direção que tinha visto as torres. Devia ser 5 da tarde quando alcançamos o belo castelo. O terreno dele já não era mais deserto, tinha uma grama verde e lagos. Na verdade já tínhamos deixado o deserto para trás umas 2 horas antes. Desci de Kyros e olhei para os dois guardas na entrada, que olhavam para Kyros boquiabertos. Me aproximei mas logo os guardas me pararam e disseram:

- Heey! Stop ! You have and invite?

A propósito, eu tinha me esquecido que os Kuryan falavam outra língua. Mas eu consegui entender, meus pais eram Kuryanos, eu sabia falar aquela língua, então respondi:

- I am from the Supernatural school. I am here to deliver the antidote to the king!

- Wait!

Um dos guardas pegou um Walk-Talk e disse para quem quer que estivesse do outro lado:

- Has anyone here from Supernatural School. He wants to deliver an antidote.

Ouvi o rádio respondendo, mas não entendi. Porém os guardas fizeram sinal para eu entrar. O interior do castelo era tão incrível quanto o exterior: As paredes de mármore polido brilhavam a um imenso lustre que ficava no centro da sala. Uma imensa lareira estava em um dos cantos com alguns sofás a sua volta. Tinha 5 estantes de livro no outro canto, com umas 10 poltronas e abajures para se ler. O resto era uma pista de dança, onde aconteciam bailes e coisas afins. As portas que levavam a outros cômodos eram de bronze polido, que reluziam. Os guardas me levaram a uma pequena porta que havia no canto da sala principal e eu entrei. Logo atrás da porta tinha uma escada em espiral, subi por ela até estar na frente de uma porta que passaria 2 pessoas com facilidade, era de prata. Bati com um pouco de vergonha e as portas se abriram, o rei estava deitado em uma cama, pálido de magro, com uma mão esticada para a porta, ele movia coisas com a mente pelo visto.

- Welcome brave warrior ... you brought the antidote?

- Yes sir. Can speak my language?

- Sim meu caro. Me dê o atídoto....

Corri para o lado do rei e lhe dei o pequeno frasco. Ele destampou e bebeu, logo sua expressão suavizou e ele respirou fundo. Então me disse:

- O que quer antes da recompensa? Vou precisar de um longo descanso.

- Queria apenas que médicos atendessem a mim e a Kyros, que é meu lobo.

- The giant creature out there?!

- Yes. He is a great boy if I order.

- Ok....

- Pois bem. Tyson, tell the medics about these two.

- Yes Sir!

O guarda saiu correndo pela escada em espiral e logo o som de seus passos desapareceu. O rei então virou-se para mim e disse:

- Também quer um quarto para dormir não é?

- Se não for muito incômodo...

- Claro que não. Acaba de salvar minha vida.

O rei lhe disse como chegar ao meu quarto e eu fiz o trajeto que el me indicou. O meu quarto não era exatamente um quarto, ele era tipo, imagine um terreno 15x25 e coloque ele em um quarto com: Cama de casal, um computador com alta definição, TV de projetor com óculos 3D, uma "Livraria" com uma poltrona e um abajur em um criado mudo, um banheiro com hidro massagem e por fim uma mini cozinha: tinha um frigobar, uma mesa, um fogão, uma máquina de lavar, o básico. Eu poderia morar ali! Logo ouvi os médicos chegando no quarto e falando em Kuryanês que eu deveria dormir enquanto eles trabalhavam. Foi aí que eu percebi o quanto estava cansado, assim que bati na cama, dormi. Meus olhos abriram quando um dos médicos me sacudiu, de acordo com ele, já era 10:00h e era hora de ir. Eu encontrei com o rei, que agora já tinha recuperado a cor e comia como um maluco:

- Bom dia chomp... Dormiu bem?

- Sim senhor! Me sinto bem melhor.

- E o corte? chomp...

Olhei para minhas costelas e vi os pontos e uma pomada aliviante. Eu assenti sorridente com um pensamento que me veio a cabeça "Logo ele vai precisar é de um antídoto para dor de barriga xD"

- Tenho um Helicóptero, você vai ser levado voando.

- Mas e o Kyros?

- Consegui um caminhão gigante. Deram um antídoto contra a dormência na pata traseira direita e ele já está bem melhor.

- Uau. Estou impressionado. Muito obrigado mesmo.

- Eu que devo agradecer. Pegue a recompensa.

Ele me entregou a recompensa e me mostrou o helicóptero que me levaria. Me avisou que o piloto não sabia falar minha língua, mas eu o acalmei falando que sabia falar essa língua.Ele então acenou quando eu entrei no helicóptero, o piloto perguntou:

- Where?

- Supernatural School.

O Helicóptero levantou voo. O barulho era bem alto mas nada que eu não pudesse suportar. No meio do caminho, avistei o caminhão gigante que o rei de Kuryan tinha falado. Devia ser volta de 18:00 quando eu cheguei. Quando o barulho chegou a escola, as pessoas correram para ver o que era. O Helicóptero pousou nos campos da escola enquanto o caminhão chegou derrapando atrás do helicóptero. Giovanni se aproximou e disse:

- E não é que você sobreviveu?

- Sim sobrevivi e missão cumprida.

- Ótimo! Mais alguma coisa?

- Sim. Acrísio não morreu, ele conseguiu fugir, eu só deixei ele inconsciente.

- Tudo bem. O rei está a salvo?

- Sim e me deu a recompensa!

- Bom pra ti novato. Bem vindo de volta.

Passei pela multidão que tinha vindo ver o que estava acontecendo e eles foram me dando tapinhas nas costas, apertos de mãos e coisas afins. Eu estava vermelho e meu rosto queimava. Quando a multidão acabou, eu sai correndo para a sala comunal da West-Wolf, onde emfim poderia descansar depois de longos 3 dias....

Voltar ao Topo Ir em baixo
Giovanni Dragneel
Faggot


Mensagens : 302
Data de inscrição : 07/02/2012
Idade : 20

Cartão Do Estudante
Seu nível:
786/1000  (786/1000)
Poderes:
Poderes do animal:

MensagemAssunto: Re: Missões da West-Wolf   Sex Abr 13, 2012 8:47 pm

Beleza, o texto foi muita emoção, só que quase não teve batalha! Devia melhorar nisto, mas como tá bem detalhado e legal, vou dar 8 pontos para a West, 10 níveis para você e 7 para seu lobo, e 500 Grana.

*Ass:

Completei todos os dragõoes Õ/ Cliica aê embaixo em cada um, pra upar o lvl "="

Pyrus, Lucia & Eastern Dragon Egg.
Chaor, Kurth & Plesiodragon Egg.
Raptor & Felidragon Egg.
Milotic, Bahamut & Furdragon Egg.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Sieghart
Aluno Novato
avatar

Mensagens : 7
Data de inscrição : 17/02/2012
Idade : 18

Cartão Do Estudante
Seu nível:
1/1000  (1/1000)
Poderes:
Poderes do animal:

MensagemAssunto: Re: Missões da West-Wolf   Sab Abr 21, 2012 7:14 pm

Legenda

Eu
Pessoa qualquer
Gabriel David
Rei Kuryan

Eu estava indo para o salão comunal e vejo no corredor vejo um quadro com uma mensagem. A mensagem dizia o seguinte:

O Rei Kuryan esta doente e ele precisa de um remedio. Os que quiserem ajudar ele, devem pedir a um diretor e passar pelo deserto a fim de encontrar o remedio. As informações serão passadas para os que forem a busca e o rei dara uma recompensa para quem conseguir.


Vendo esta mensagem saio correndo procurar um diretor.Depois de quinze minutos vejo o diretor Gabriel David e vou até ele antes que outro aluno o veja e começo a falar:
-Eai diretor.
-Ja sei. Você quer uma permissão para ir na busca.
-Então você me da a permissão?
-Sim.
-Agora vou explicar o que você tem que fazer. Um, vocês tem que atravessar o deserto para achar uma planta medicinal, esta planta fica em um cacto com espinhos vermelhos e ela é verde-azulado. Dois, para pegar a planta você tem que ir ou pelo atalho no terceiro deserto ou pelo Primeiro Deserto onde o rei Acrísio XIX esta com seu deserto para impedir que alguem consiga o remedio. E tres, o mais obvio, levar o remedio para o rei Kuryan
-Ok
-Se você for pelo atalho, dois escorpiões gigantes estão la e o veneno deles é mortal então tomem cuidado
Depois disso vou no estabulo pegar meu tigre e chamar alguns alunos para irem comigo nessa missão e falo para nos encotrarmos no salão comunal.
-Pessoal eu acho que devemos ir pelo Terceiro Deserto porque so temos que infrentar dois inimigos ao contrario de ir pelo Primeiro Deserto que teremos que infrentar o exercito do rei Acrísio XIX.Por onde vocês acham que devemos ir ?
-Eu concordo com o sieghart devemos ir pelo Terceiro Deserto
-E eu tambem concordo
E outros alunos tambem concordaram ai eu disse:
-Então esta decidido vamos pelo Terceiro Deserto
Depois de algum tempo chegamos na entrada do Terceiro Deserto e eu falo:
-Pessoal quando encontrarmos os escorpiões vocês pegam um e eu pego o outro
-Ok
depois de cerca de 1 hora vimos o antidoto quando nos aprocimamos para pegar o antidoto dois escorpiões nos atacaram e um dos alunos foi acertado pela cauda de um dos escorpiões e caiu e ficou se contocedo ate morrer e eu fui para o ataque materializei a soluna e cortei a cauda do escorpião que tentou me esmagar com as garras mas usei minha super velocidade e escapei de se esmagado e depoi eu pulei em cima dele e enfiei a soluna e a retirei e o escorpião caiu morto no chão e fui ajudar os outros a matar o escorpião depois da luta so sobraram 3 alunos alem de min
e pegamos o antidoto e fomos levar para o rei Kuryan.Depois de 2 horas cegamos no castelo do rei Kuryan que nos agradeceu e disse:
-Obrigado por traser o antidoto e você quer algo?
-Só quero minha recompensa, comida e cama para mim e para meus amigos e para meu tigre
Ele chama os servos e manda preparam comida, uma cama e um banho e diz para nós:
-Amanhã vou te dar a recompensa e um dos meus guardas o levara com você toda sua recompensa
Eu simplesmente agradeço e logo um servo volta e pede para que eu o acompanha. Eu o acompanho e depois de uma boa comida e um banho vou dormir.
No dia seguinte volto para a escola sobrenatural e dou a noticia que entreguei o antidoto para o rei e depois eu fui ao salão comunal para dividir a recompensa com os alunos que foram comigo na missão

*Ass:



Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Giovanni Dragneel
Faggot


Mensagens : 302
Data de inscrição : 07/02/2012
Idade : 20

Cartão Do Estudante
Seu nível:
786/1000  (786/1000)
Poderes:
Poderes do animal:

MensagemAssunto: Re: Missões da West-Wolf   Sab Abr 21, 2012 8:06 pm

Acha que não sei que copiou do ChaosMaster? Só tirou algumas partes pra ninguém perceber, inválido. E não ´REi Kuryan ¬¬ É rei DE Kuryan.

*Ass:

Completei todos os dragõoes Õ/ Cliica aê embaixo em cada um, pra upar o lvl "="

Pyrus, Lucia & Eastern Dragon Egg.
Chaor, Kurth & Plesiodragon Egg.
Raptor & Felidragon Egg.
Milotic, Bahamut & Furdragon Egg.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Daniel [Riiu]
Faggot
avatar

Mensagens : 73
Data de inscrição : 07/02/2012
Idade : 20

Cartão Do Estudante
Seu nível:
545/1000  (545/1000)
Poderes:
Poderes do animal:

MensagemAssunto: Re: Missões da West-Wolf   Qua Maio 02, 2012 4:38 pm

Quarta Missão

Uma repentina escassez nos rios está se fazendo devido à doença de Alfeu (o Deus-rio), e agora peixes estão morrendo, as chuvas caem raramente pela pouca água dos rios, a colheita está horrível e centenas de pessoas e animais estão falecendo de sede. Lá do cafundéu de Judas, surge um homem desconhecido, a história é mais ou menos assim:

Citação :
Apesar de nossas inúmeras preces à Alfeu, os rios continuam secando, já não existem chuvas em nossas terras. Quando estávamos prestes a todos morrer, surge uma pequena chuva. Um de nossos rios volta a correr tão bonito, já havíamos nos esquecido de que era isto. A esperança de todos, mesmo que quase morta, renasce ao vermos um homem de cabelos longos e negros, cavanhaque de mesma cor. Olhos azuis, como as águas claras que passavam nas vívidas lagoas de nossas terras. Vestia uma armadura prata suja, bastante desgastada e empoeirada. Demos abrigo à ele, e mais tarde ele fez uma revelação esperançosa para nossa população: Aquele era Alfeu, para nossa alegria.

Este homem não é Alfeu, é um impostor que está fazendo várias exigências ao povo da humilde Ilha de Itacaman, coisas que às vezes eles nem podem fazer. Agora ele quer um sacrifício de 10 pessoas no vulcão para fazer voltarem a correr as águas dos rios. Não temos muito a ver com isso, mas são 10 vidas inocentes, não podemos deixar que isso aconteça! Impeça o impostor de fazer suas atrocidades lutando contra ele, e mostre ao povo que aquilo tudo é uma ilusão. Por último leve o "remédio de todas as doenças" para Alfeu. Se for bem sucedido ganhará:

0 a 10 Pontos para sua casa; 0 a 1000 Grana; 0 a 15 Níveis para você; E se o texto for MUITO merecedor, ganhará o poder de controlar a água.

Alfeu controla a água e tem Super Agilidade e Força. Ele carrega consigo várias espadas e um machado de duas faces, é especialista no manejo de ambas.

*Ass:




Clica aê, quem tiver conta no dragonadopters e clicar 1 vez por dia ganha um prêmio aqui no fórum, vou saber pelas visitas ^^ Very Happy
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Daniel [Riiu]
Faggot
avatar

Mensagens : 73
Data de inscrição : 07/02/2012
Idade : 20

Cartão Do Estudante
Seu nível:
545/1000  (545/1000)
Poderes:
Poderes do animal:

MensagemAssunto: Re: Missões da West-Wolf   Ter Jun 05, 2012 11:30 am

Quinta Missão

Precisamos de ajuda! Não sabemos como, mas tem um urso sobrenatural ENORME preso dentro da Super-sala de treino, e não sabemos onde ele está. Precisamos que alguém o tire de lá o mais rápido possível! Podemos contar com sua ajuda?

Se for fazer isso, melhor ir sabendo que para chegar até o urso, terá que enfrentar 3 desafios (no mínimo) da sala de treino, você inventa quais são. Mas um recado: Quanto mais difícil e empolgante o desafio, mais prêmios você pode ganhar.


Depois de enfrentar os desafios, terá que convencer o urso a sair de lá, batalhando contra ele (você inventa os poderes dele). Se for bem sucedido, ganhará:

De 0 a 10 pontos para sua casa;
De 5 a 20 níveis;
1 poder que você descreveu no urso (nada de muito apelão);
Talvez 300 grana.


Boa sorte!

*Ass:




Clica aê, quem tiver conta no dragonadopters e clicar 1 vez por dia ganha um prêmio aqui no fórum, vou saber pelas visitas ^^ Very Happy
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: Missões da West-Wolf   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Missões da West-Wolf
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
 Tópicos similares
-
» Missão de Alexia
» Bingo Book Missões
» RPG Maker XP ou Wolf RPG Editor??
» Missão de rank C - Aula de Ninjutsu!
» Missão 3: A procura de Ivo

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Escola Sobrenatural RPG :: Missões :: Missões Mensais Fáceis (Nv. 0 a 250)-
Ir para: